A experiência do usuário é a chave para o sucesso de qualquer site na internet. Quer você seja proprietário de uma empresa, autônomo ou desenvolvedor, o Web Vitals irá ajudar você a quantificar a experiência do seu site e identificar oportunidades de melhoria.

Web Vitals é uma iniciativa do Google que tem o objetivo de orientar seu algoritmo e proprietários de sites para sinais essenciais de qualidade. Sinais esses que, se otimizados, irão gerar uma ótima experiência ao usuário.

O Google forneceu várias ferramentas ao longo dos anos para medir e relatar o desempenho. Alguns desenvolvedores são especialistas no uso dessas ferramentas, enquanto outros consideram difícil acompanhar a abundância de ferramentas e métricas.

Os empresários e os profissionais de marketing e produto não precisam nem devem ser especialistas para entender mais sobre a performance do site. Com essa iniciativa do Core Web Vitals, esse caminho fica ainda mais simples, ajudando você a focar nas métricas que mais importam.

Métricas Web Vitals

O Google já disse que as métricas do Core Web Vitals irão evoluir com o tempo. O conjunto atual de métricas se concentra em três aspectos da experiência do usuário.

WebVitals - Cumulative Layout Shift
WebVitals - First Input Delay
WebVitals - Largest Contentful Paint
  • CLS – Mede a estabilidade visual. Para fornecer uma boa experiência ao usuário, as páginas devem manter um CLS de 0.1., ou menos.
  • LCP – Mede o desempenho de carregamento. Para fornecer uma boa experiência ao usuário, o LCP deve ocorrer em até 2,5 segundos a partir do momento em que a página começa a carregar pela primeira vez. 
  • FID – Mede a interatividade. Para fornecer uma boa experiência ao usuário, as páginas devem ter um FID de 100 milissegundos, ou menos.

Percentil 75

WebVitals - Percentil75

Para garantir que você está atingindo a meta recomendada, um bom parâmetro é o Percentil 75. Por essa medida, se 75% dos registros de WebVitals estiverem dentro dos parâmetros ideais, seu site está satisfatoriamente otimizado para esses novos indicadores. É importante que essa análise seja segmentada em dispositivos móveis e desktop. Vale ressaltar que, neste primeiro momento, o Google irá usar apenas parâmetros relativos aos dispositivos móveis.

Acompanhar o Core Web Vitals

Relatório de Experiência do Usuário do Chrome é alimentado pela medição real de usuários. Nele temos as principais métricas de experiência do usuário em toda a internet. Dentre elas vamos encontrar os dados das métricas de WebVitals. Existem algumas maneiras de acompanharmos essas métricas. Abaixo, listo algumas delas.

CrUX Report via Search Console

O Search Console Google agrupa os erros por páginas semelhantes. Assim fica mais fácil definir por onde começar a busca por uma solução.

CrUX Report via DataStudio

DataStudio, uma ferramenta de Dashboards do Google, é integrado aos dados públicos de experiência dos usuários.

Lighthouse

Uma terceira forma de acompanhar essas métricas é pelo Google Lighthouse. Você pode baixar o complemento para o Google Chrome e testar quantas páginas quiser.

Extensão do Chrome

Ainda temos algumas extensões para o Chrome que possibilitam testarmos na prática quais os problemas enfrentados pelo usuários.

Dados de laboratório x dados de campo

De forma resumida, existem dois tipos de dados relacionados ao CoreWebVitals. Os primeiros são os dados de laboratório, onde as máquinas tentam trazer uma percepção da experiência do usuário. Eles não refletem com exatidão os problemas da página, mas na grande maioria dos casos se sinalizarem um problema, significa que há melhorias a serem realizadas. 

Já os dados de campo reúnem informações capturadas de usuários reais. Dessa forma, temos extrema exatidão dos problemas enfrentados pelos usuários do site. Além disso, são os dados de campo que o Google irá usar nesse próximo update. Sendo assim, acompanhá-los irá apontar a você o caminho certo para garantir sucesso no Core Web Vitals.

Há como você acompanhar essas informações praticamente em tempo real. Isso é importante, pois os dados de campo liberados pelo CrUX Report são atualizados apenas uma vez por mês. Dessa forma, se seu site estiver com algum problema hoje, você só ficará sabendo quando esse problema já estiver grande demais. Você pode acompanhar esses dados pelo Google Analytics. Por isso, sugiro que confira os artigos abaixo.

Acompanhar as métricas do Core Web Vitals com o Google Analytics 3

Acompanhar as métricas do Core Web Vitals com o Google Analytics 4